quarta-feira, 1 de abril de 2009

Mortes por cancro colo-rectal podem ser prevenidas

Investigador norte-americano afirma que com as opções actuais de prevenção e tratamento é possível reduzir os casos fatais derivados da doença

"Apesar do cancro colo-rectal ser a segunda causa de morte a nível de cancro nos Estados Unidos, é também o tipo de cancro que pode ser prevenido mais facilmente", afirmou Randolph Hecth, da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos.

O investigador e os seus colegas afirmaram que quaisquer sintomas persistentes, detectados no sangue, fezes, perda de peso, dores abdominais, entre outros, devem ser comunicados ao médico.

A equipa de cientistas aconselha ainda o exame à próstata a partir dos 50 anos de idade. No entanto, aqueles com historial da doença na família devem mesmo começar a prevenção mais cedo.

Outros factores, como a baixa actividade física e uma dieta rica em gorduras e pobre em fibras, também aumentam a probabilidade de desenvolver cancro colo-rectal.

O cancro colo-rectal é segundo cancro de maior incidência na Europa e o segundo de maior incidência e mortalidade em Portugal, onde afecta mais de 80 mil pessoas.

Pedro Santos

http://www.upi.com/Health_News/2009/03/31/Death_from_colon_cancer_preventable/UPI-30141238477192/

http://www.roche.pt/sites-tematicos/quimioterapia-oral/index.cfm/noticias/factos-sobre-o-cancro-colo-rectal/

http://diario.iol.pt/sociedade/cancro-mortalidade-estudo-cancro-colorectal-doenca/996828-4071.html

Sem comentários: