domingo, 12 de abril de 2009

Três bebidas por dia duplicam risco de tremores

Estudo norte-americano afirma que consumir algumas bebidas diariamente pode duplicar o risco de desenvolver tremores involuntários

A equipa de investigadores comparou o consumo de álcool e sintomas neurológicos durante a vida de cerca de 3300 pessoas, com idade a partir dos 65 anos. O consumo regular de álcool verificou-se em 56% dos participantes, tendo os tremores sido diagnosticados em 76 deles.

Após os cientistas terem analisado outros factores de risco, como a depressão e o tabaco, concluíram que aqueles que bebiam pelo menos três unidades de álcool por dia duplicavam o risco de tremor essencial. A este nível de consumo de álcool, cada ano adicional aumentava o risco em 23%.

Os investigadores fizeram notar que o álcool é uma conhecida toxina cerebral, no cerebelo, que é uma parte do cérebro que está relacionada com o tremor involuntário. O álcool é utilizado frequentemente para aliviar sintomas do tremor essencial, mas este estudo vem sugerir que pode mesmo acelerar a progressão da condição e piorar os sintomas.

As causas exactas do tremor involuntário são ainda incertas, mas acredita-se que são provocadas por danos nas células cerebrais denominadas por células de Purkinje, e disrupção de sinal entre sinapses neuronais, segundo informações do estudo.

Pedro Santos

http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/news/fullstory_82742.html

Sem comentários: